Galpão Hip Hop encerra Semana SESC Rib. Preto de Cultura Hip Hop

Dichavo Rima: Igor, Leser, Robsom e Dj Olvr (no centro da mesa)

“A principal atração da festa é o público, que é o combustível que move esta engrenagem aqui!” foi desta forma que o MC Max B.O. anunciou a primeira atração do dia, o grupo Dichavo Rima, e resumiu bem o objetivo do evento.

Dj's Mf e Pool, no comando das pickup's

Mas antes do grupo subir ao palco a festa já estava rolando, com rodas de bboy’s tomando conta de todo o espaço do Galpão do SESC Ribeirão Preto. E o clima na tarde de domigo era de total descontração!

Lelin (Vixe crew) iniciando os traços de seu graffitti

Quatro painéis internos estavam em branco no começo da festa e foram sendo ‘tagueados’ pelos que arriscavam rabiscos na tela. No novo jardim anexo ao Galpão, dois painéis maiores estavam reservados para a arte dos graffiteiros Marcelo Eco (RJ), Lelin, Kall, Bíu e Silva.

Trampo do Eco finalizado, prestigiado pelo Cauã

Já no Galpão, crews de Bboy’s vindos de várias cidade da região e também da capital paulista se ‘duelavam’ o tempo todo. No comando das pickup's, os Dj's Mf e Pool abalaram as estruturas do Galpão de tanta sonzeira lançada. Teve até momento especial James Brown!

Uma das várias rodas que se formaram no SESC Ribeirão Preto

O Galpão Hip Hop foi na verdade o encerramento das atividades da Semana SESC de Cultura Hip Hop, que contou com oficinas de graffitti, dança e djs, show com o grupo Pentágono, além de apresentação do filme ‘É tudo nossos! – O Hip Hop fazendo história’, roda de conversa com o escritor Toni C. e lançamento do livro ‘Hip Hop a lápis’. Sem esquecermos da presença do carismático Max B.O., que além de ídolo para muitos, passou a ser também um grande amigo pela total atenção que teve com o público presente.

Max B.O. improvisa usando RG's da galera

Podemos dizer que foi uma semana de SESC cheio e o Galpão Hip Hop encerrou em grande estilo mais esta atividade voltada para a cultura de rua. Sabemos que eventos como este são importantes para a afirmação do movimento como cultura alternativa e também para mostrar aos leigos a união que existem entre os que curtem e fazem parte do movimento hip hop. Parabéns Elieser e todos que fizeram desta semana uma intensa atividade cultural. Vida longa à Semana SESC de Cultura Hip Hop.

Galpão Hip Hop tomado pela cultura de rua

Confira alguns vídeos do que rolou no Galpão Hip Hop:















Texto e fotos: Jr Lemos
Vídeos: Playmogreen

Postagens mais visitadas deste blog

Como foi o 'Fronstreet', campeonato de skate em Fronteira/MG

Circuito Switch AM 2015

O corre de Abstrato Beats e Yannick