Luizinho 8 anos, mirim destaque do Maremoto

Luizinho em ação: Rockão descendo a trave

Enilda Mariano trouxe Luizinho, 8 anos dois e meio deles andando de skate, junto com mais alguns pais que também acompanhavam seus filhos para a competição da primeira etapa do circuito Maremoto 2009. Eles sairam de Lorena, cidade localizada no Vale do Paraíba, e veio até Olímpia/SP. A viagem foi de aproximadamente seis horas, nada que atrapalhasse a grande surpresa que foi ver o filho passar em terceiro para a final e subir ao pódio na mesma colocação na categoria mirim, que contempla skatistas até 14 anos. E a ótima pontuação de Luizinho foi mais do que merecida o que o coloca tranqüilamente como o destaque do primeiro dia do evento. Ele mostrou que já tem o skate no pé distribuindo manobras por toda a área de competição.

Sorriso de garoto e skate de gente grande

Logo após a premiação conversei um pouco com a mãe do garoto. Enilda estava muito emocionada e chorou ao me relatar a surpresa em ver Luizinho recebendo o reconhecimento que ela sempre deu ao filho. “Ele sempre correu na categoria infantil. Trouxe ele aqui até pensando que poderia ter o infantil, pela idade dele e ele me dá uma surpresa dessa em ter capacidade de se destacar no mirim. Foi emocionante demais! A organização do evento está de parabéns. Existem os competidores que a gente sabe que tem um nível maior, com idade mais avançada, mas os juízes foram corretos em avaliar direitinho, sem prejudicar ninguém. Estão de parabéns por dar valor a um garoto tão pequeno. Parabéns mesmo.” disse a mãe de Luizinho.

Luizinho ficou em terceiro competindo com outros 45 mirins

E essa foi apenas uma demonstração do quanto a família está envolvida no meio do skate hoje em dia, acreditando em seus filhos e conhecendo cada vez mais um pouco do esporte que eles praticam. Essa é, na minha opinião, a maior contribuição que o circuito Maremoto traz para o skate de uma forma geral. E como a Enilda existem muitas outras mães que também torcem e sofrem anonimamente nas arquibancadas. Por isso dou mais uma vez os parabéns ao Serginho, que encara sozinho toda a difícil tarefa de organizar o circuito. É isso aí meu amigo, o circuito começa a colher os bons frutos daquilo que foi plantado no passado. Parabéns!!!

Texto e fotos: Jr Lemos

Postagens mais visitadas deste blog

Como foi o 'Fronstreet', campeonato de skate em Fronteira/MG

Circuito Switch AM 2015

O corre de Abstrato Beats e Yannick